SEDUTORA DA NOITE

Há muito tempo eu, no auge do meu relacionamento amoroso com o candomblé, aprendi cada ponto lindo de gira das damas da noite, que eu queria saber se eu conseguiria escrever o meu ponto, a minha homenagem. Vejam se gostam… Mas já aviso: a minha pombagira (pombogira, falem como vocês gostam) deve andar grudada em mim… Tudo é sempre fogo e paixão, intensidade, é mágico mesmo, é forte mesmo, é inebriante – a palavra que pra mim define uma dama da noite… Satanáries.

Já liguei mais quando mulheres falam pra mim pelas costas “essa vagabunda”, “essa piranha”. Isso tem muito mais a ver com inveja, insegurança, e por quê não dizer, frigidez. Eu tomei uma decisão de viver mais o que eu quero viver do que o que os outros querem que eu viva. Querem a fachada? Eu provejo uma pra acalentar o mundo, mas eu sou explosão e tenho dó de quem se segura… Vai morrer infeliz.

SEDUTORA DA NOITE
Quando eu sinto o vento bater
E o doce perfume no ar,
Mexe os ombros e gargalha alto:
É a saia da moça a girar…
Ela chega faceira e contente,
Cada saia a um homem seduz
Ela é sábia, é inteligente,
Aos lençóis ela chama, conduz…

As faíscas, o batom vermelho,
Cruza a rosa de carne pra ela
Olha esse corpo no espelho,
Vem e acende outra vela…
Cachaça, ouro e colar,
Cigarrilha na mão, a saia a girar,
Não interessa de quem ele é,
O que faz, quanto ganha…

Ela quer da boca tomar
O belo, o viril e com fé
Faz manha, barganha,
Ela te quer no teu altar…
O galo às três horas canta,
Os cães latem pra lua no alto!
Rodeada de estrelas encanta
Das almas aos homens do asfalto.

Te tenho dentro de mim,
E eu de ti – somos uma unidade
O que eu quero é fácil assim,
Eu procuro a felicidade.
Me chamam de fácil,
A chamam meretriz,
Na verdade ela é grácil
E faz qualquer homem feliz…

Na cama, na mesa ou no chão,
Eu a chamo e ela fica comigo,
Protege meu coração
Do mal dos meus inimigos…
Quem fala mal tem é inveja
Dessa mulher tão sedutora,
No fundo essa outra almeja
É deixar de ser impostora!

Bate palma, gira pra mim,
Vem me caçar na madrugada,
Diz que é agora, diz que sim,
Faz-me sentir amada!

“Eu já vou pro inferno mesmo, então…”

E deixo um ponto que estremece meu coração… É o primeiro ponto!

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s