DESEJOS DE SOLSTÍCIO

No próximo solstício, o que eu quero da Mãe Natureza é um presente.
Quero ser tomada por uma paixão avassaladora,
Sem controle, sem regras, sem rédeas,
Que não seja passível de compreensão dos demais seres
Mas seja intensa, quente, que me arrebate instantaneamente.

Quero ser lançada à uma cama de lençóis de seda,
Roubar beijos ardentes, suspiros, sussurros,
Cheios de gemidos, saliva, mãos tateando cada centímetro meu.

Quero ter meus cabelos puxados, ver olhos revirarem de prazer,
Ver o medo da entrega primeiro para, depois, assistir à entrega incondicional,
Olhar em teus olhos virgens, de desejo fulminante,
Que não desgruda seus lábios dos meus,
Que fica sem reação com meus movimentos,
Que me admira tanto que me idolatra.

Quero ser rainha por uma noite,
Vestir vermelho, preto – nas roupas, no boca, nas unhas…
Ser tratada delicadamente, mas selvagemente,
Sentir que nesse momento eu poderia morrer…

Quero uma voz macia e grave sussurrando no meu ouvido,
Das palavras mais doces às mais sujas,
Enquanto acaricia-me o corpo e me contempla.

Que me tome para si por horas,
Que seja uma paixão impossível, mas que mesmo assim ser vivida,
Que sejam superadas todas as expectativas,
Que me leve às estrelas ao me entregar à minha pequena morte.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s