SONHO COM O “COSMOS”

Finalmente voltei a ter sonhos maravilhosos! É sempre um ótimo sinal isso: sinal de que minha cabeça não quebrou, em primeiro lugar. E que eu sou capaz de mais! Esse foi um dos sonhos mais incríveis que eu tive esse ano…

Sonhei que eu tinha recebido um convite de uma oportunidade única: conhecer outro planeta e morar nele. Não pensei duas vezes. Peguei um voo em um avião que se parecia muito com um ônibus espacial. Quando saíamos da atmosfera da Terra, eu sentia que deixava tudo de ruim para trás. E, quando chegávamos ao novo planeta, eu via as luzes, o movimento dos oceanos e ficava simplesmente paralisada com tanta beleza. Chegando no território que me foi designado por alguém, descobri que era uma réplica exata do quarteirão do bairro em que fui criada, mas a minha casa era diferente. Ela tinha um quintal enorme, com plantações de verduras, flores, ervas. Meu cachorro estava comigo.

Lá, encontrei minha irmã e meu pai. Eles me aconselharam a levar o cachorro para dar uma volta e se familiarizar com tudo. Saí na rua e vi no chão, um fluido transparente: era água, mais leve do que a água que temos na terra. Tão leve que, mesmo ao formar ondas imensas, essas não tinham peso suficiente para levar as casas. Era um fluido tão cristalino e geladinho, uma delícia. O cachorro brincava e pulava nessa água…

Era possível sentir a rotação do planeta, a gravidade puxando a gente pra baixo, a translação em sua órbita. Pareciam duas gravidades diferentes: uma pro meu corpo e outra pra água. Era noite. Sentei-me no banco de uma praça e acendi um cigarro. O cachorro deitou-se ao meu lado. Olhei para o céu e vi um sem número de estrelas. A brisa era fresca, o ar era limpo. Ouvi uma voz suave de mulher me pedindo para continuar a contemplar o céu porque eu teria a mais grata surpresa da minha vida. Havia algo no céu como uma nuvem de poeira de estrelas, linda… De repente, essa nuvem se dissipava e revelava outros planetas: Saturno, imenso, com seus anéis, Marte, vermelho. Uma melodia de piano se fazia presente na brisa. Via duas luas no céu, enormes, cheias, lindas. Virei a cabeça e vi o planeta Terra, de onde eu parti. Azul, lindo tão perto e tão longe. Lembrava aquelas superluas no céu. E vi um emaranhado de estrelas cadentes perdendo força devagar, rasgando aquele céu imenso. Vi algo colorido: era roxo, amarelo, azul, verde… Parecia com um enorme olho. Puxei o ar e expirei aliviada.

Aquilo sim era céu, aquilo sim era vida. Retornei para minha casa. Minha irmã me olhava como quem pensava: “eu te falei que isso daqui era lindo”. No quintal, além das plantações – provavelmente tem a ver com o meu pai, que tem plantado de tudo no quintal da casa dele – havia uma espécie de piscina natural, com aquela água fluida leve. Vesti um biquíni e entrei naquela água. Mergulhei. Eu podia sentir a vida inteira pulsando no meu corpo. Era algo maravilhoso. Quando saí da água, finalmente despertei e voltei pra cá, pra Terra, pra escrever sobre esse momento incrível da minha noite.

Sonhar que se vive em um novo planeta pode significar que você quer fugir da sua realidade. Eu quero sim, um pouco. Mas significa também auto descoberta, capacidade de executar coisas em prol de objetivos difíceis, porém não impossíveis de serem atingidos. Sonhar que viu Saturno no céu significa derrotar seus inimigos. Sonhar que viu duas luas cheias no céu significa perder alguém com quem se importa para uma pessoa materialista e egoísta… Hahahahaha!

Não importam as interpretações aqui nesse sonho. Importa que foi lindo e que me deu uma noite tranquila de sono, como eu não tinha há semanas!

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s