FILMES E SÉRIES PARA O MÊS DAS BRUXAS

Eu adoro filmes e séries de magia, bruxas, fantasia. Passados os meus trinta,eu achei que ia querer ver mais cinema mudo iraniano, mas não: eu gosto desses filmes toscos, dessas séries cheias de “mágica”… Me fazem lembrar meu período mais irresponsável (porque hoje só sou menos irresponsável). Abaixo, uma lista comentada de filmes e séries que eu adoro assistir nessa época do ano.

SÉRIES

1. CHARMED

É, eu tiro Aaron Spelling da cartola sempre no mês de Outubro. A série é baseada em três irmãs que recebem um poder como “herança” de família e precisam aceitar em si a vocação de ajudar o próximo, destruir warlocks, ajudar fadas e gnomos… Existem vários elementos da wicca tradicional na série e eu tenho inclusive um livro de feitiços baseado nela. Mas tem as loucuras, tipo um filho caçula que volta no tempo pra impedir que o irmão mais velho vire o senhor das trevas… E, se você estava achando que Harry Potter é o máximo, tem uma escolinha no esquema de Hogwarts. Não à toa, tenho justo a triskle apresentada na série tatuada no corpo.

2. THE SECRET CIRCLE

Kevin Williamson e Andrew Miller desenvolveram essa série, que infelizmente foi cancelada bem no meio da primeira temporada. Eles tentaram dar um certo ar de “final”, mas ficou sem conclusão. Mesmo assim, gosto porque tem um tom mais moderninho hipster na bruxaria do grupinho de adolescentes que descobrem os grimórios dos pais. Tudo envolvido em um grande mistério embrulhado pra presente: eles precisam descobrir por quê todos ficaram órfãos ou de pai ou de mãe. A personagem principal é a bruxa mais “poderosa” do coven. E isso é bacana, dá uma certa ideia de como funcionaria um coven nos dias de hoje.

3. AMERICAN HORROR STORY: COVEN

Mais uma série sobre covens de bruxas.
Mas tem Jessica Lange, o que torna tudo ainda mais interessante. Na trama dessa temporada específica da série, a bruxa-mor (Lange) volta à cidade para entender mais sobre os ataques que sua “espécie” vem sofrendo. Adorável e aterrorizante, como tudo o que “American Horror Story” faz.

4. WITCHES OF EAST END

Essa pra mim é uma das séries “furadas” de bruxas, mas vale pela diversão. Tinha que ser do canal Lifetime, aquela porcaria que só faz drama barato pra mulheres de 40 anos ou mais se entreterem caso não gostem da Ana Maria Braga ou do programa da Fátima Bernardes. Aqui, o cenário é Salém, e Joanna é uma dona de casa, mãe de outras duas filhas bruxas, todas com dons específicos. Blé.

5. EASTWICK

Essa foi muito bacana enquanto durou! Baseada no filme em que Jack Nickolson come a Cher, a Michele Pfeifer e a Susan Sarandon ao mesmo tempo, infelizmente foi mais uma série que durou apenas uma temporada e deixou com gosto de quero mais. É basicamente a mesma história do filme, com uma leve modernizada e um pouco mais desenvolvida. Fofíssima, ainda mais pra mim, que adorava a cena da religiosa louca no filme vomitando caroços de cereja – essa cena é nojenta mas é a melhor do filme inteiro.

6. SABRINA

Adorava quando eu era adolescente! As tias da Sabrina eram descoladas, ela era loira e linda, mas não muito popular no colégio e ela tinha um gato falante – obviamente seu nome é SALÉM (pqp, que falta de criatividade, tudo é só em Salém) – e uma melhor amiga super fofinha. Pra quem quer voltar no tempo, ótima pedida com pipoca e guaraná.

FILMES

1. JOVENS BRUXAS

Desculpe se você me acha madura, mas eu não sou pra filmes de bruxas. Jovens Bruxas fez parte da minha geração e eu assisto até hoje. O filme conta a história de Sara, uma bruxa natural que se muda pra São Francisco e conhece outras três meninas: Rochelle (que é discriminada por ser negra), Bonnie (que é discriminada por ter queimado o corpo) e Nancy (que é discriminada por ser pobre). Quando as três se unem pra chamar os quatro elementos, tudo pode acontecer! E eu adoro as referências de bruxaria natural e, especialmente, do feitiço de glamour celta que o filme traz.

2. AS BRUXAS DE EASTWICK

Como eu expliquei lá em cima na lista de séries, não tem muito o que explicar aqui, é só aproveitar.

3. DA MAGIA À SEDUÇÃO

Outro filme que, vez ou outra, me pego assistindo de novo, e de novo, e de novo. Não tem como não assistir um filme fofo que tem Sandra Bullock e Nicole Kidman como protagonistas! Ele conta a história de uma família inteira de bruxas, sempre duas irmãs, que passam seus dons, geração a geração. Mas tem um problema: a maldição que recai sobre as mulheres da família diz que qualquer homem que por elas se apaixone morrerá após viver brevemente o amor de sua vida com uma delas. LIN-DO, romântico, me faz chorar toda santa vez!

4. A BRUXA

Eu assisti e achei OK. A fotografia é linda e a história anda no passo que deveria, mas achei meio ruins algumas das referências. Mas pra quem curte um filme de suspense do lado do boy magia no dia das bruxas, é ótimo… É a desculpa perfeita pra se agarrar nele nos momentos de “susto”.

5. ABRACADABRA

Todo mundo já viu quando era criança! As três bruxinhas que saem na noite de Halloween para capturar criancinhas e permanecerem lindas e eternas. Depois de condenadas à morte, elas lançam uma maldição: elas devem voltar do mundo dos mortos caso alguém puro acenda uma vela negra que permaneceu dentro da casa delas. Lógico que elas voltam dos mortos e assombram – nem tanto – as crianças dos anos 90 (quando o filme foi lançado). Adorável!

6. ELVIRA, A RAINHA DAS TREVAS

Mais um de quando eu era criança, e minha mãe moralista não gostava que eu assistia, especialmente o final de Elvira deslumbrante balançando os peitos pra lá e pra cá, fazendo aquele malabarismo hipnotizante. A história é sobre Elvira, que herda uma casa em uma cidadezinha com 1313 habitantes e que horroriza todo mundo com seus vestidos super decotados e seu comportamento considerado “indecente”. É a minha cara mesmo.

7. CAÇA ÀS BRUXAS

Um filme chatinho no geral, mas com história interessante, por ser mais puxado pro terror. E tem Nicolas Cage com todas aquelas caras e bocas – não tem um ator feio como ele que eu amo. O filme fala sobre a perseguição às bruxas do século XIV (não sabe que século é esse, vai pesquisar, não aprendi numeral romano pra não usar na vida).
A personagem de Cage precisa levar uma bruxa capturada até um mosteiro, onde ela será julgada. Aí, lógico, só da merda no caminho. Interessante.

Advertisements

One Comment Add yours

  1. Lena Rico says:

    Vários filmes da lista parecem interessantes, principalmente o com o Nicolas Cage.

    Like

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s