ESCREVENDO ORAÇÕES

Uma bruxa verdadeira precisa ter em si características peculiares à sua classe. Algumas são comuns à personalidades fortes, outras são consideradas “dons”. Ser livre de moralismos, possuir senso de justiça e ética, ser apaixonada e apaixonante, sexualmente livre de amarras, sem vergonha de ser o que é. Como eu já disse aqui anteriormente, é difícil deixar o lado B se sobrepor ao lado A, simplesmente porque a sociedade moralista não aceita pessoas que considera-se “diferentes”. Mas uma característica particular que eu tenho é de escrever, e uma bruxa precisa ser capaz de registrar suas aventuras, seus encantamentos, pensamentos e relatar suas experiências mágicas – e por quê não pessoais – em seu grimório.

Eu sempre gostei muito de estar próxima do meu altar, rodeada de velas no meu quarto, com a fumaça e o cheiro de incenso inebriando os meus sentidos e com o meu grimório em mãos, escrever tudo o que estou sentindo no que uma pessoa comum chamaria de “brisa”. Essa oração eu escrevi em 2003, num período de enorme perturbação pra mim, algumas de ordem pessoal, outras de ordem política.

Que eu possa ser um ser humano melhor,
Sem pensar na própria dor ou sofrimento,
Sem inveja, rancor ou mágoa,
Sem medo de desafiar o destino ou o tiranismo.

Que eu possa entender,
Que nem sempre as pessoas agem como eu ajo com elas,
Que nem sempre serei retribuída por me entregar,
Que nem sempre serei compreendida pela minha intensidade,
Que nem sempre eu posso abrir os olhos das pessoas que não querem ver.

Que eu possa enxergar,
A beleza da vida na sua simplicidade,
A natureza em meu redor, agindo e reagindo,
O respeito de quem verdadeiramente me respeita,
O amor de quem verdadeiramente me ama,
O lado bom de todo o ser humano.

Que eu saiba me conformar,
Com minha busca solitária por me fazer entender,
Com minha essência, sem querer modificá-la,
Com as perdas diárias e a falta de lealdade,
Com os medos e angústias do meu próximo,
Com as minhas próprias limitações.

Que eu possa lutar,
Por um mundo mais digno e melhor de se viver,
Contra meus próprios medos, pecados e sentimentos negativos,
Por esperança e amor incondicional em primeiro lugar,
Contra a intolerância e a falta de perspectiva alheias,
Por uma aurora mais colorida em minha vida.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s